Quando uma pessoa considera fazer uma cirurgia plástica, uma das primeiras perguntas que vem à mente é “cirurgia plástica é segura?”. A pergunta é muito pertinente, já que esse tipo de procedimentos em geral é bastante e delicado.

Assim como qualquer tipo de procedimento cirúrgico, a cirurgia plástica pode sim trazer riscos ao paciente, entretanto existem vários fatores que podem reduzir esse risco. Aqui vão algumas dicas de como realizar uma cirurgia plástica com mais segurança, maximizando as suas chances de ter uma cirurgia sem qualquer complicação e ter o melhor resultado possível.

1 – A escolha do profissional

O fator mais importante de todos e o que deve primeiro ser levado em consideração é a escolha do médico cirurgião que irá realizar a cirurgia. Dê preferência a médicos com experiência no procedimento que você deseja realizar, que sejam associados à SBCP (Sociedade Brasileira de Cirurgia Plástica), tenham especialização e procurem se atualizar frequentemente. Se necessário, fazer mais de uma consulta antes de realizar a cirurgia. É importante que haja confiança no médico. Cada caso é um caso e a consulta com o médico vai ajudar a determinar as particularidades do seu.

2 – Hábitos saudáveis

Pode parecer óbvio, mas hábitos saudáveis diminuem consideravelmente as chances de ocorrerem problemas durante a cirurgia e aumentam as chances de uma recuperação rápida e com o melhor resultado possível.

Uma alimentação balanceada e saudável é sempre recomendada. Para alguns tipos de cirurgia, o médico inclusive pode indicar a perda de peso.

Também é necessário não fazer uso de drogas, evitar consumo excessivo de bebida alcoólica e o tabagismo. 

É preciso que o paciente também passe na consulta pré-anestésica e faça todos os exames necessários, além de atender as recomendações do médico em relação a medicamentos, suspendendo o uso deles se necessário ou utilizando os prescritos.

3 – Recomendações pós-operatórias

Feita a cirurgia, há uma série de recomendações que torna a recuperação mais rápida, segura e efetiva.

Fazer os retornos conforme indicado pelo médico para que ele possa acompanhar a recuperação da cirurgia é muito importante.

Na alimentação, é importante evitar uma dieta com muito sódio, uma vez que o mesmo contribui para o inchaço. Entretanto é necessário ter consciência que todo paciente vai ter algum grau de inchaço depois de uma cirurgia plástica, em geral não apenas no local da cirurgia, mas no corpo todo. Mas esse inchaço não deve ser causa de preocupação pois com o tempo, as drenagens pós-operatórias e o uso correto das malhas cirúrgicas ele é eliminado.

O uso correto das malhas cirúrgicas, inclusive, é um ponto bastante importante. Uma malha muito apertada, que é um erro bastante comum de pacientes, pode acabar trazendo complicações como fibrose, desconforto e possivelmente até necrose.

Quer saber mais?

Seguindo todas essas recomendações, sua cirurgia com certeza terá chances muito maiores de ser um sucesso absoluto, tanto em questão de resultados estéticos, quanto em questão de saúde. Se você tem alguma dúvida em relação a cirurgias plásticas ou gostaria de marcar uma consulta, fique à vontade para nos contatar.