Mastopexia com prótese é o termo técnico para uma cirurgia de correção das mamas e aumento no tamanho do busto. Ela deixa os seios mais volumosos e corrige o aspecto de mamas caídas

O Brasil é um dos países onde há maior procura por cirurgias plásticas, e os procedimentos nas mamas estão entre os mais procurados. Neste texto, você vai entender o que é a mastopexia com prótese, detalhes sobre a cirurgia, e como é o período pós-operatório.

Existem diferentes tipos de mastopexia com prótese, com diferentes indicações. Procure um médico membro da Sociedade Brasileira de Cirurgia Plástica (SBCP) para esclarecer as dúvidas e ter um atendimento com segurança.

O que é a mastopexia com prótese

A mastopexia tem como objetivo corrigir a ptose mamária, que causa efeitos de queda, flacidez e baixa projeção da mama. Este procedimento pode ser combinado com a colocação de implantes de silicone para aumentar o tamanho do busto. 

Ou seja, a mastopexia com prótese permite remodelar as mamas e retirar o excesso de pele. Isto proporciona melhor aparência – os seios ficam mais firmes e levantados, e com maior volume.

A mastopexia com prótese é um procedimento abrangente, indicado para pacientes que querem aumento dos seios, mas que também precisam tratar a ptose.

mulher segurando próteses de silicone

Indicações da cirurgia

Popularmente, a ptose mamária é conhecida como “seios flácidos” ou “seios caídos”. Se refere à perda de sustentação das mamas, e pode ser corrigido cirurgicamente. A ptose pode ter várias causas: 

  • Fatores genéticos
  • Gravidez/amamentação
  • grandes alterações de peso

Como a mastopexia com prótese propõe a remodelação dos seios, ela permite também corrigir assimetrias, ou reduzir a circunferência das auréolas. 

Para saber se a mastopexia com prótese é indicada para o seu caso, procure um cirurgião plástico de confiança. Ele fará a sua avaliação completa e irá indicar qual tipo de cirurgia trará mais benefícios. 

Como é feita a cirurgia?

Existem dois tipos de mastopexia com prótese: submuscular (abaixo do músculo) e subglandular (na frente do músculo). Elas são indicadas para casos diferentes de pacientes: em casos de perdas muito grandes de peso, a preferência é pelas próteses abaixo do músculo, por exemplo.

Neste vídeo do meu canal, explico com mais detalhes quais são as diferentes abordagens para mastopexias com prótese:

Os tipos de implantes utilizados, assim como o tamanho das próteses, também pode variar. Essas escolhas são feitas pela paciente, com orientação e apoio do cirurgião plástico. 

Pós-operatório da mastopexia com prótese

Os resultados aparecem em alguns meses e são bastante duradouros. Com o passar do tempo, as cicatrizes ficam cada vez menos aparentes, porque elas se mesclam ao tom da pele. 

É importante seguir atentamente as orientações do cirurgião plástico durante este período pós-operatório, em especial nos primeiros meses após a cirurgia. Entre elas:

  • Uso de sutiã cirúrgico;
  • Respeito ao tempo de repouso;
  • Dormir de barriga para cima e evitar movimentos excessivos do braço;
  • Evitar exposição ao sol
  • Manter uma alimentação saudável

Portanto, siga à risca as orientações do seu cirurgião plástico. E lembre-se de escolher um cirurgião plástico especialista no assunto para garantir maior segurança, conforto e bem-estar.