Quer saber mais?

A harmonização facial visa corrigir e valorizar os traços do rosto de um paciente. O objetivo é sempre trazer a harmonia estética, conforme o próprio nome sinaliza, utilizando alguns conhecidos procedimentos.

O passar dos anos faz que a pele perca firmeza e elasticidade, sendo substituídas pelas rugas e linhas de expressão. Assim, a harmonização facial pode devolver para qualquer pessoa a simetria e o rejuvenescimento.

Todas as regiões do rosto com pouca gordura ou músculo são preenchidas, e as partes envelhecidas ganham renovação. É importante ressaltar que não se trata de cirurgia plástica, mas sim de um conjunto de tratamentos realizados em conjunto de forma pouco invasiva e com recuperação mais rápida para o paciente.

Procedimentos da harmonização facial

Não existe um único tratamento para a harmonização facial. Cada caso é único e cabe ao médico avaliar quais os procedimentos necessários para devolver o tônus e a juventude ao rosto.

Ácido hialurônico

Essa substância é injetada em pontos estratégicos da face. O objetivo é corrigir algumas falhas e depressões e valorizar algumas áreas, como lábios e mandíbulas.

O ácido hialurônico é popular entre quem precisa do preenchimento. Em muitos casos, uma sessão de 30 minutos é suficiente para obter os efeitos desejados.

Toxina botulínica

Outra substância utilizada para preenchimento. Geralmente, é o preferido para injetar em regiões onde o músculo da face realiza contrações, como em cima das sobrancelhas. As mudanças realizadas ficam no lugar. Por isso, é muito usado em casos de harmonização facial.

Bichectomia

Quando o rosto conta com as famosas “bolas de Bichat” nas maçãs do rosto, a bichectomia pode ser indicada para afinar os contornos faciais. Sempre que bem indicada, a bichectomia traz resultados bastante evidentes. Angelina Jolie, Megan Fox e Jennifer Aniston são alguns nomes que optaram pelo procedimento.

A partir dessas técnicas, é possível obter benefícios como:

  • Suavizar bigode chinês;
  • Corrigir desvios do queixo;
  • Dar o volume adequado aos lábios;
  • Acabar com a gordura acumulada do rosto;
  • Melhorar o aspecto da pele facial;
  • Conferir leveza aos traços.

Leia também: Lipoaspiração e lipoescultura: qual é a diferença?

Como são definidos os procedimentos?

Para definir quais os procedimentos adequados, o médico registra as características do paciente. Fotos de diferentes ângulos, exame da firmeza dos músculos faciais e a própria opinião do paciente são levados em consideração.

Em seguida, o profissional modela digitalmente as alterações faciais e apresenta ao paciente. Uma vez aprovado, é hora de planejar quais os procedimentos necessários, em que dias e o tempo de recuperação.

Lembrando que o objetivo da harmonização facial é sempre melhorar os traços já existentes no rosto, disfarçando imperfeições e valorizando o que há de melhor. Tudo para um resultado o mais natural possível, sem que fique parecendo outra pessoa.

A harmonização facial dura muito?

A duração da harmonização facial varia conforme os procedimentos realizados, a idade do paciente e os seus hábitos de vida.

Os tratamentos realizados com toxina botulínica e ácido hialurônico, por exemplo, costumam durar entre 4 e 6 meses. Para garantir os melhores resultados, recomenda-se que o paciente tenha cuidados com a exposição solar e mantenha uma rotina de alimentação saudável com sono regular.

Eu espero que este artigo ajude você a entender o que é harmonização facial. Para mais conteúdos como este, continue em meu blog e aproveite para seguir meu perfil do Instagram.

Até a próxima!

Tem interesse?