Com o Renuvion, é possível ter uma cirurgia de remodelamento do corpo sem grandes cortes ou incisões. Esta tecnologia inovadora estimula retração da pele, diminuindo a flacidez.

É um equipamento moderno que utiliza uma tecnologia de plasma de gás hélio. Ele combina este gás, junto com radiofrequência para alcançar resultados sem grandes cortes.

Neste texto, você vai entender o que é o Renuvion, e como funciona esta tecnologia que em breve estarei utilizando em meu consultório.

Caso esteja considerando fazer uma cirurgia plástica, lembre-se de tirar as dúvidas sobre as tecnologias e procedimentos a serem realizados durante uma consulta de avaliação.

Quer saber mais?

O que é o Renuvion

O Renuvion é um aparelho utilizado para tratar a flacidez da pele. Portanto, pode ser usado em várias partes do corpo, como braços, parte interna das coxas e dorso, além de ser benéfico nos casos de flacidez abdominal leve

Ele complementa outras cirurgias, como a lipoaspiração. Ele chega aonde os outros métodos e equipamentos não conseguem, assim estimulando ainda mais a retração da pele. Em outras palavras, o equipamento causa lesões térmicas controladas, que não causam queimadura, e auxiliam os cirurgões plásticos.

Como funciona o Renuvion

Uma das grandes vantagens do Renuvion é o controle de temperatura que ele permite. A combinação de gás hélio e de energia de radiofrequência gera calor controlado por baixo da pele. 

Para chegar a esse resultado, é utilizado especificamente o plasma de gás hélio, aplicado por um instrumento de mão. O plasma é um estado da matéria, assim como o líquido, sólido e gasoso. Ele é alcançado a partir de um processo chamado de ionização.

Segundo a fabricante, cerca de 1% a 2% das moléculas de gás hélio do Renuvion passam pela ionização. O restante refrigera a área da aplicação. Estes efeitos térmicos estimulam a retração máxima da pele, e tratam a flacidez. 

Segundo a fabricante, cerca de 1% a 2% das moléculas de gás hélio do equipamento passam por um processo chamado ionização. Estes efeitos térmicos de calor controlado, e de refrigeração na área, estimulam a retração máxima da pele. 

A ionização acontece através da radiofrequência gerada pelo Renuvion. Como a estrutura molecular do gás hélio é bastante simples, é necessária baixa energia para transformá-lo em plasma. 

Em resumo, esta tecnologia garante alta precisão e produção estável de energia, a configurando como uma importante ferramenta para cirurgiões plásticos. 

Quais são os resultados do Renuvion

Falar de resultados na área médica é sempre complicado, porque cada corpo é único. Diversas questões determinam os resultados de uma cirurgia plástica, por isso, é impossível fazer previsões.

Alguns cirurgiões plásticos afirmam que o Renuvion estimula retração de até 80% da pele. Há estudos que apontam para reduções de 30% a 70% no volume da pele, dependendo de características da paciente.

Segundo a fabricante, os resultados são imediatos, mas o aspecto da pele continua a melhorar durante os próximos meses, já que a temperatura estimula um processo chamado de neocolagênese.

De qualquer modo, atente-se para as indicações do seu cirurgião plástico sobre a possibilidade de usar e quais os resultados do Renuvion.

Quer saber mais?