A rinoplastia, popularmente conhecida como cirurgia de nariz, é um dos procedimentos cirúrgicos mais procurados em consultórios de cirurgia plástica no Brasil. 

A rinoplastia melhora aparência e proporção do nariz, fazendo com que harmonize melhor e realce outros aspectos da face, melhorando também a autoestima. 

Por ser um procedimento bastante procurado, ele gera muitas dúvidas. Neste texto responderei as principais delas.

O procedimento é feito com cirurgia geral ou local?

Pode ser feita com os dois tipos de anestesia, mas tenho a preferência pela anestesia geral. Traz mais conforto para o paciente, porque ele estará dormindo durante todo o procedimento. 

A cirurgia corrige também o desvio de septo?

O procedimento realizado é chamado de rinoplastia estruturada. Nele são utilizados pedaços de cartilagem, produzindo enxertos para estruturar o nariz e ter maior previsibilidade de resultado. Uma grande fonte de cartilagem para a realização desses enxertos é o septo nasal. Então, mesmo que o paciente não tenha desvio de septo, é feita a septoplastia.

Sendo assim, o procedimento também corrige o desvio de septo.

A partir de que idade pode fazer rinoplastia?

É individual e varia de paciente para paciente. Normalmente, como as mulheres se desenvolvem mais cedo, para elas é em torno dos 16 anos. Já nos homens, demora um pouco mais, sendo de 17 a 19 anos.

Sempre precisa fraturar o nariz na rinoplastia?

Em poucos casos, quando não há alteração na estrutura do osso nasal, não é necessária a fratura. Porém, normalmente é feita com a fratura para reposicionar os ossos. 

Com o advento do piezo (serra ultrassônica que consegue cortar apenas o tecido ósseo), as fraturas nasais ficaram mais tranquilas de serem realizadas pelos cirurgiões plásticos. Permitindo também um pós-operatório mais tranquilo e com menos edema para o paciente. 

É sempre necessário fazer alectomia?

Alectomia é o corte na aba do nariz. Ela não é sempre necessária. 

Normalmente não deve ser realizada de maneira isolada, porque é um complemento das cirurgias de nariz em que se tem um excedente de largura da asa nasal. 

É importante lembrar que a rinoplastia é um procedimento cirúrgico e por isso é indispensável uma consulta com um cirurgião plástico experiente em rinoplastia. 

Ele vai saber entender as expectativas do paciente e explicar as dúvidas. Ele saberá avaliar o rosto como um todo, analisando as particularidades de cada paciente e identificando o nariz que combina melhor com as características de cada face.

Para entender melhor sobre o assunto e saber a resposta de outras dúvidas, assista ao meu vídeo no YouTube:

Caso haja alguma dúvida que não foi respondida no texto ou vídeo, envie uma mensagem no Instagram! Terei prazer em responder.

Quer saber mais?